Algumas Responsabilidades do Propagandista Vendedor da Indústria Farmacêutica


A função de Propagandista Vendedor foi regulamentada pela lei Lei nº 6.224, de 14 de Julho de 1975, que definiu o exercício da profissão com o nome de Propagandista e Vendedor de Produtos Farmacêuticos. A lei sancionada pelo Ex-Presidente Ernesto Geisel, traz em seu primeiro artigo, a seguinte definição da função.

“Art. 1º Considera-se Propagandista e Vendedor de Produtos Farmacêuticos aquele que exerce função remunerada nos serviços de propaganda e venda de produtos químico-farmacêuticos e biológicos, nos consultórios, empresas, farmácias, drogarias e estabelecimentos de serviços médicos, odontológicos, médico-veterinários e hospitalares, públicos e privados.

Parágrafo único. Considera-se ainda, Propagandista e Vendedor de Produtos Farmacêuticos aquele que, além das atividades previstas neste artigo, realiza promoção de vendas, cobrança ou outras atividades acessórias.”

Portanto, independente da nomenclatura, Propagandista-Vendedor, Representante, Consultor no caso de linhas especiais, e outras denominações, existem algumas variações entre as farmacêuticas. As funções basicamente envolvem: promover os produtos e serviços negociados pela empresa para a classe médica com potencial de geração de negócios, de acordo com as estratégicas comerciais estabelecidas.



Para atender essa definição, as principais atividades ou responsabilidades de um Representante são:
  • Visitar diariamente os médicos (cadastro), clínicas, consultórios, farmácias e hospitais que compõe a região geográfica do seu setor, promovendo os produtos da empresa de acordo com o plano promocional planejado para o ciclo (período em torno de 20 dias úteis).
  • Planejar e executar de maneira eficaz a programação do seu trabalho diário, buscando a performance exigida em relação a frequência e sequência da visitação médica.
  • Implementar planos de ações diferenciados para determinados produtos, com o objetivo de aumentar a demanda ou neutralizar as ações dos concorrentes, é claro que respeitando a legislação vigente.
  • Dominar os conceitos técnicos dos seus produtos e se reciclar para a efetiva promoção dos mesmos.
  • Visitar as farmácias de seu território para trabalhar as faltas, bem como acompanhar a demanda dos seus produtos, permitindo definir táticas locais para incrementar seus resultados.
  • Manter as informações cadastrais de seus clientes (médicos, farmácias, etc.) atualizadas.
Essas são as atividades importantes, todas com o objetivo de: Cumprir as metas mensais de demanda no mínimo em 100%.

Não adianta nada, realizar as atividades listadas se os resultados não acontecerem, pois um Propagandista Vendedor é como um vendedor, todo dia 30, apesar de ter entregue ou não sua Cota, um novo ciclo inicia e a sua Cota nesse novo período, será maior que a do mês passado e tudo se reinicia.



É claro que somente esses aspectos, não definem o sucesso de um Propagandista Vendedor, mas isso é um assunto para o próximo tema: Competências e a função do Propagandista Vendedor.


Leia também:



Comente e compartilhe este artigo!
⬛◼◾▪ Social Media ▪◾◼⬛
• FACEBOOK • TWITTER • INSTAGRAM  • TUMBLR   GOOGLE+   LINKEDIN   PINTEREST 
⬛◼◾▪ Blogs ▪◾◼⬛
• SFE®  • Tech®  • Terms®  • Books®  • Biography®
⬛◼◾▪ CONTATO ▪

Vitrine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...